Relação entre o sono e diabete nas crianças

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Rate this post

Sempre menciono neste blog que a quantidade de relações que a ciência atual pode fazer é imensa e esta postagem é mais um exemplo de uma relação interessante.

Os antigos diziam que criança precisa dormir, pois o crescimento se dá durante o sono.  Talvez isso não seja real, mas uma boa e longa noite de sono pode fazer a diferença na vida das crianças e dos jovens. Na atualidade, com a interação com as telas, as crianças passaram a ter uma vida menos ativa e mais concentrada em jogos, redes sociais e outras atividades que ativam mais o cérebro do que os músculos, além disso dormem menos do que as crianças e jovens do passado.

O estudo “Duração do sono e risco de diabetes tipo 2” publicado na Revista Pediatrics de setembro de 2017 descobriu que as crianças que dormiam em média uma hora a menos por noite apresentavam maiores fatores de risco para diabetes tipo 2, incluindo níveis mais altos de glicemia e resistência à insulina e também confirmou pesquisa prévia que mostrava uma associação entre uma menor duração do sono e maiores níveis de gordura corporal.

Os pesquisadores analisaram as medidas corporais, os resultados de amostras de sangue e os dados do questionário realizado em 4.525 crianças de descendência multiétnica, com idades entre os 9-10 anos, na Inglaterra.

As crianças que dormiam por mais tempo tinham menor peso corporal e menores níveis de massa de gordura. A duração do sono também foi inversamente relacionada à resistência à insulina e níveis de glicemia. O estudo não encontrou associação entre a duração do sono e fatores de risco cardiovascular, incluindo lipídios no sangue e pressão arterial.

Os autores concluem que o aumento da duração média do sono durante o dia útil (10,5 horas) em meia hora pode estar associado a um índice de massa corporal inferior de 0,1 kg / m² e uma redução de 0,5% na resistência à insulina. Reduzir esses níveis pode ter implicações a longo prazo para diabetes tipo 2 reduzido na vida adulta, afirma o estudo.

Parece que este é um bom exemplo da importância de se dormir mais quando criança/jovem como prevenção de doenças que nos afetam por toda a vida.

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics August 2017

Sleep Duration and Risk of Type 2 Diabetes

Alicja R. Rudnicka, Claire M. Nightingale, Angela S. Donin, Naveed Sattar, Derek G. Cook, Peter H. Whincup, Christopher G. Owen

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Mais informações

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 10 =